O Mantra de Durga é um tributo à deusa hindú Durga, cujo nome significa "o inacessível" ou "o invencível". É a incarnação mais popular da Alma Suprema:

 

 

Om Dum Durgaya Namaha

 


Devi Durga ou Adi Parashakti (o primeiro poder) é um conceito hindú do Ultimate Shakti or Mahashakti, the Ultimate Shakti ou Mahashakti, o poder inerente em toda a criação. Esta deusa é equiparada à deusa Lakshmi e à deusa Saraswati na sua forma moderada, tal como a Deusa Kali e Chandi deusa são a forma colérica.

 

Durga Shakti ou Mahashakti, o poder supremo, é  considerado como o gerador de todas as formas de conhecimento do mundo e é aceite como causa vital de criação, existência e destruição. Mahamaya, ou seja, o poder de Mahashakti (o poder supremo) juntamente com o manifesto de Adi Purusha (a alma suprema) manifestam-se como as três forças Supremo: Shakti de Brahma (criação), Vishnu Shakti (sustento) e Shiva Shakti (destruição).

 

Isto também se manifesta como as três formas Supremas: Maha Saraswati, Maha Laxmi e Maha Kali. Nos Puranas (textos hindús antigos), as três formas de Supremo são representadas como consortes das três forças Supremas.

 

Durga Shakti é considerado como a causa original de todas as ocorrências mundanas presentes ou passadas. Pelas bênçãos de Durga Shakti, a mãe do universo, o homem é capaz de obter a sua emancipação ou salvação e desempenhar com prazer as suas atividades diárias.

 

Cantar os Mantras de Durga ajudam a tornar-se ser forte e poderoso. Dá-lhe o poder de conquistar a competição, a coragem para enfrentar desafios e para lutar contra a injustiça.

 

 

Fonte: http://manthrapower.blogspot.pt

  • Facebook